Previsão do tempo

Hoje - Porto Alegre, R...

Máx
23ºC
Min
14ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Porto Al...

Máx
23ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,21 5,21
EURO 5,66 5,66

Notícias

VACINAÇÃO 2020 | Comunicado às subseções

Através da Resolução Nº 03/2020 da OAB/RS, foi criado o Comitê de Crise de COVID-19, composto pelos diretores da OAB/RS e da CAA/RS para alinhar, dentre outros assuntos, os protocolos de segurança para evitar o risco de contaminação durante a imunização da advocacia. Desde então, este grupo vem trabalhando intensamente para atender as demandas geradas pela COVID-19 de forma responsável e segura. No que se refere à Campanha de Vacinação 2020, a CAA/RS iniciará a imunização em 30 de março de 2020. Considerando as inúmeras restrições de locomoção e o recomendado isolamento social, além do fato dos foros, onde as subseções têm sala, e, também, as sedes de subseções estarem fechadas, a campanha dar-se-á, em grande parte, pelo ônibus da CAA/RS, que transitará pelo interior do Estado, procedendo a imunização. As subseções que possuem regionais da CAA procederão em suas sedes, abertas exclusivamente para esta finalidade. De outra parte, as subseções não contempladas pelo ônibus deverão indicar o local onde farão a campanha, sendo autorizada a abertura da sede exclusivamente para esta finalidade. Na capital, a vacinação ocorrerá na sede da OAB/RS, mediante prévio agendamento no site da CAARS. As subseções receberão orientações sobre os protocolos de segurança, segundo recomendação do CREMERS, para a aplicação das doses. Para receber a imunização, os colegas não podem ter sintomas gripais devendo portar, no momento da aplicação, declaração assinada atestando tal fato, a qual será retida pela CAA/RS ou pela subseção. Além disso, casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 poderão ser vacinados apenas após desaparecerem todos os sintomas, devendo permanecer em isolamento, evitando a disseminação do vírus, protegendo sua saúde e de todos a sua volta. Não existe, na literatura, informações específicas sobre a interação do COVID-19 com a resposta às vacinas. Assim, para minimizar a disseminação da doença, pessoas com sintomas respiratórios ou febre deverão ser orientadas a não se imunizarem, enquanto houver sintomas. Estamos vivendo um momento inédito para nossas gerações e para nosso país de pandemia e, neste momento, o esforço conjunto e a compreensão da classe serão essenciais para passarmos incólumes e sairmos mais fortes e unidos. Contamos com a colaboração de todos! Comitê de Crise Covid-19
26/03/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.