Previsão do tempo

Hoje - Porto Alegre, R...

Máx
26ºC
Min
11ºC
Predomínio de

Sábado - Porto Alegre...

Máx
23ºC
Min
12ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,34 5,34
EURO 6,33 6,34

Notícias

Conselho Pleno realiza última reunião do ano com balanço das atividades e deliberações sobre pautas da advocacia

A tarde desta sexta-feira (13) foi de muito trabalho para os integrantes do Conselho Pleno da OAB/RS. Dezenas de conselheiros e conselheiras estiveram reunidos no 14º andar da sede da Ordem gaúcha, em Porto Alegre, para a última sessão ordinária de 2019. “Foi um ano de muitas dificuldades e temas pesados a serem superados. Podemos comemorar que chegamos em dezembro unidos e orgulhosos dessa caminhada”, destacou o Presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, que conduziu os trabalhos. Nas deliberações da sessão ordinária, os conselheiros aprovaram, por unanimidade, a alteração do nome da Comissão Especial da Justiça do Trabalho para “Comissão Especial da Advocacia Trabalhista”. O objetivo é aproximar o nome da sessão ao trabalho e à rotina dessa comissão. Também ficou definida a data da primeira reunião do Conselho Pleno em 2020: será em 13 de março. Tradicionalmente, a sessão inaugural da temporada ocorre na última sexta-feira de fevereiro. Em razão do Carnaval, os conselheiros optaram por evitar o conflito de datas e, com isso, acertaram o primeiro encontro para a segunda sexta-feira de março de 2020. PRESTAÇÃO DE CONTAS O último encontro do Conselho Pleno em 2019 também foi o momento de apresentar um resumo das atividades realizadas pelo sistema OAB no Rio Grande do Sul. O Vice-Presidente da OAB/RS, Jorge Fara, trouxe dados sobre o Órgão Especial e a OABPrev-RS. Como Presidente do Órgão Especial, Fara destacou que foram repassados 231 processos ao longo do ano. Foram julgados 196 – incluindo 11 apreciados nesta sexta-feira. Dos 35 processos restantes, 12 serão julgados em março de 2020 e 23 estão esperando procedimentos, como recursos ou recebimentos oficiais. Jorge Fara, que ainda atua como Presidente da OABPrev-RS, trouxe dados atualizados sobre a previdência complementar implementada para a advocacia gaúcha. Atualmente, são 8.297 participantes, entre advogados, advogadas e seus dependentes. Os recursos garantidores ultrapassam R$ 118 milhões. A rentabilidade nos últimos 12 meses das aplicações foi de 6,98% – contra 4,3% da poupança. Além disso, haverá a distribuição proporcional aos investimentos de R$ 1 milhão. “Estamos tendo uma caminhada permanente de crescimento. A OABPrev-RS é uma grande alternativa para a advocacia planejar uma aposentadoria tranquila”, salientou Fara. CAA/RS O Presidente e a Vice-Presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/RS), Pedro Alfonsin e Mariana Melara Reis, respectivamente, salientaram alguns dos trabalhos realizados ao longo do ano. Os atendimentos na área da saúde receberam atenção especial. O programa de saúde mental praticado pela CAA/RS se tornou referência nacional e será colocado em prática nas outras 26 seccionais. A parceria com o Mamamóvel também foi destacada, realizando exames em 348 advogadas. Em três casos, foi diagnosticado o câncer em estágio inicial e, devido aos exames, será possível iniciar o tratamento com grandes chances de cura. O ônibus da saúde foi outro investimento elogiado, permitindo a circulação por todo o Estado. “Temos muito a melhorar e avançar. Para 2020, vamos rodar por mais subseções, levando atendimentos para a prevenção da advocacia gaúcha”, salientou Alfonsin. ESA/RS A Diretora-Geral da Escola Superior da Advocacia (ESA/RS), Rosângela Herzer dos Santos, destacou projetos e cursos que tiveram êxito ao longo do ano. Em especial, mencionou o trabalho dos poemas itinerantes escritos por advogados e advogadas. “Ainda temos trabalho pela frente e, na próxima semana, vamos nos reunir para tentar definir o máximo de cursos para 2020, sempre com foco na qualificação dos colegas”, comentou. Já o Presidente do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), César Sousa, frisou que o ano foi de muito trabalho. E, pela primeira vez, o TED consegui julgar dentro do ano todos os processos que foram protocolados nos últimos 12 meses. Para 2020, ele destacou a necessidade de se contar com mais advogados instrutores para garantir a celeridade, com qualidade, do andamento dos julgamentos. “É fundamental termos uma boa instrução inicial. Isso vai impedir anulação ou prescrição mais adiante. Temos uma equipe de colaboradores especializados que ajudam e dão o suporte necessário nesse trabalho fundamental realizado pelos instrutores”, salientou. Em nome do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul (IARGS), a Presidente Sulamita Santos Cabral destacou o lançamento do livro que conta os 93 anos de história da instituição.
13/12/2019 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.