Previsão do tempo

Hoje - Porto Alegre, R...

Máx
26ºC
Min
18ºC
Nublado

Sábado - Porto Alegre...

Máx
21ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,50 5,50
EURO 6,37 6,37

Notícias

Justiça em Números: Em ano de pandemia, Judiciário reduziu despesas e avançou em inovação tecnológica

Mesmo em um ano marcado pelos desafios impostos pela pandemia de COVID-19, o Poder Judiciário investiu em inovações tecnológicas para manter a eficiência de seus serviços e o acesso do cidadão à justiça. As informações estão contidas no Relatório Justiça em Números 2021, apresentado pelo Conselho Nacional de Justiça no último dia 28/9. O documento apontou que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul , obteve uma melhora no Índice de Produtividade Comparada da Justiça , que aumentou cinco pontos percentuais em relação à 2019, alcançando 94%. O IPC-Jus é o índice de produtividade comparada da Justiça, indicador que avalia comparativamente a produtividade entre os tribunais. A ideia deste índice é verificar quem consegue produzir com maior eficiência, considerando os recursos disponíveis. O relatório destacou também o Índice de Produtividade dos Servidores da Área Judiciária, em que a Corte gaúcha ficou acima da média do segmento, em ambos os graus. Outro destaque foi o Índice de Conciliação do TJRS que, mesmo considerando as dificuldades ocasionadas pela pandemia, alcançou o resultado de 9,5%, acima da média estadual de 8,9%. Em relação à digitalização, o Judiciário Estadual do RS foi o que mais avançou em casos novos eletrônicos, saltando de 58,3% para 89,1%. Este indicador positivo reflete os esforços da Administração do TJRS na implementação do eproc e no incentivo ao processo eletrônico. O Presidente do TJRS, Desembargador Voltaire de Lima Moraes, festejou os avanços obtidos pela Corte gaúcha que, "mais uma vez, em que pesem as grandes dificuldades enfrentadas, vem avançando significativamente, fruto do trabalho responsável e abnegado de magistrados, servidores e estagiários". Inovação tecnológica Os projetos na área de inovação tecnológica foram os grandes aliados do Judiciário durante o período mais crítico da pandemia. Destaque para o Justiça 4.0, programa de transformação digital liderado pelo CNJ, que promove o uso de novas tecnologias - como o Juízo 100% Digital, o Balcão Virtual, a Plataforma Digital do Poder Judiciário, entre outras iniciativas. Sobre o Juízo 100% Digital, que consiste na possibilidade de o cidadão valer-se da tecnologia para ter acesso à Justiça sem precisar comparecer fisicamente nos foros, o TJRS já tomou as medidas necessárias para a implementação em 100% das serventias de 1º Grau. Redução de despesas Em 2020, o destaque foi para a redução significativa nas despesas totais do Poder Judiciário nacional, de 4,5% em relação aos gastos de 2019 que, desconsiderado o efeito da inflação, foi o menor dos últimos quatro anos. Essa redução se refletiu também nas despesas por habitante, que diminuíram 5% quando comparadas à 2019. O TJRS diminuiu em aproximadamente R$ 202 milhões, que corresponde a 5% de redução em relação à 2019. Justiça em Números O Justiça em Números é a principal fonte das estatísticas oficiais do Poder Judiciário, com indicadores parametrizados pelo CNJ. A íntegra do relatório está disponível no site do CNJ, acessível através do link: https://www.cnj.jus.br/pesquisas-judiciarias/justica-em-numeros/
13/10/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.